Biocomb


Números para pensar no futuro do álcool by squizato
14/fevereiro/2007, 3:43 pm
Filed under: Agricultura, Economia, Etanol, Geral

Uma das grandes dúvidas em relação ao setor de biocomb é o volume total desses combustíveis que podem ser produzidos no médio e longo prazo. O Brasil é visto como a principal fonte principalmente pelas características geográficas, disponibildades de terra e tecnologia desenvolvida. Até aqui nada de novo.

O interessante é começar a juntar alguns números que são vistos (ou ouvidos) aqui e ali sobre o potencial de crescimento dos biocomb, principalmente para o álcool, que já se encontra em estágio de maturação bem mais avançado do que o biodiesel no Brasil.

Lá vão alguns desses números. Outros são muito bem-vindos. Quem quiser que calcule o potencial de produção de etanol no Brasil para 2020.

:: Segundo entrevista recente que fiz, se todas as tecnologas agrícolas e industrais disponíves na prateleira fossem aplicadas a todas as usinas, a produção total brasileira poderia aumentar cerca de 25%;
:: Segundo duas fontes, a adoção da cana transgênica poderia aumentar a produtividade “brincando” também em 25%. Aqui o potencial de aumento, em algns casos chega a 80%.
:: Estudo da Unicamp, citado pela Folha de S. Paulo, avaliam a possibilidade de aumentar a área plantada para 30 milhões de hectares em 2020;
:: O etanol celulósico, também segundo a Folha de S. Paulo, pode ser viável em 2009, de acordo com uma fonte da Unicamp. Isso aumentaria a produção em até 50%.
:: A mecanização da colheita – que deve ser concluída em 2020 – tem potencial para aumentar e até 18% a produtividade.

É importante notar que algumas dessas tecnologias se sobrepõem, ou podem mesmo ser incompatíveis, para atingir esses porcentuais na plenitude. Outras, como a cana tansgênica, podem não ser aprovadas.

A impressão que fica, em qualquer caso, é que muitas das previsões que estão sendo feitas são bastante conservadoras, quando se olha para o prazo mais longo. Não se pode criticar esta postura, porque é tecnicamente a mais correta. Além disso, prudência e caldo de galinha não fazem mal a ninguém.

powered by performancing firefox

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: